O Programa

O Digital.BR visa estimular e fomentar políticas públicas, programas e projetos voltados à transformação digital de empresas dos diferentes segmentos econômicos.

O 1º Edital do Programa vai acelerar projetos propostos por redes e ecossistemas de inovação que tenham como beneficiárias empresas de micro, pequeno ou médio porte localizadas na região Nordeste, visando melhorar as condições e características produtivas da região.

Etapas do programa

Seleção de até 20 propostas de projetos de agentes públicos e privados, organizados em times ou redes qualificadas, para aceleração.

Refinamento das propostas de projeto das redes proponentes, por meio de aporte de metodologias e ferramentas de design, que vão auxiliar na:

  • Redefinição do problema
  • Validação da solução,
  • Definição do projeto para teste em nível de piloto.

Implementação dos pilotos. Nesta etapa, as redes poderão:

  • Testar
  • Experimentar e
  • Verificar a viabilidade técnica e financeira dos projetos.

Implementação de modelos de escala. Isso permitirá que as redes proponentes possam expandir o âmbito de atuação dos projetos, replicando as intervenções previstas nos pilotos a outros contextos.

Avaliação dos resultados da aceleração, a partir da análise dos impactos das políticas, programas e projetos implementados, para que possam servir como referência para a construção de uma estratégia geral de apoio a políticas, programas e projetos de transformação digital do setor produtivo.

Resultados esperados

Promover a cultura de inovação entre agentes públicos e privados no desenvolvimento e gestão de projetos, programas e políticas de transformação digital;

Desenvolver capacidades técnicas que possam contribuir com a mudança na maneira tradicional de formular e implementar políticas públicas, programas e projetos;

Adotar uma abordagem mais experimental e próxima dos usuários/beneficiários reais;

Permitir o real entendimento do problema, a formulação de soluções criativas, o desenvolvimento de protótipos e a implementação de pilotos;

Aumentar a disponibilidade de políticas, programas e projetos voltados para a transformação digital do setor produtivo; e

Aumentar a maturidade digital do setor produtivo, com consequente melhoria da produtividade.